Como abrir um negócio nos Estados Unidos?

Como vimos no post anterior, abrir um negócio nos Estados Unidos é uma oportunidade tanto de ganhar dinheiro, quanto de começar uma nova vida legalmente em um país desenvolvido e repleto de oportunidades. Mas, afinal, quanto custa abrir um negócio nos EUA? Demora? Como funciona o processo?

 

Como abrir um negócio nos Estados UnidosPois, para nós brasileiros, aí vai uma boa notícia, abrir uma empresa nos EUA é muito rápido e fácil, ainda mais se comparado com as dificuldades que encontramos por aqui.

De qualquer forma, ainda que isso implique num aumento dos custos, recomenda-se fortemente o auxílio de um contador ou advogado experiente para auxiliá-lo no processo. Ele garantirá que a sua empresa seja aberta em conformidade com os seus objetivos e com as leis americanas.

 

 

COMO É O PROCESSO?

Todo o processo de abertura da empresa pode ser feito online (por e-mail ou fax) aqui do Brasil mesmo. Porém, é preciso ficar atento, pois a falta de atenção a pequenos detalhes pode gerar grandes problemas no futuro. São várias etapas, cada uma com processos e custos específicos. Em média, tudo dura entre 15 e 20 dias, já contando com o tempo de processamento dos documentos pelas instituições americanas. Em alguns estados, como a Flórida, esse processo é ainda mais rápido, podendo ser efetivado em até 5 dias.

 

QUAL É O PRIMEIRO PASSO?

Antes de mais nada, é preciso esclarecer que um brasileiro não precisa ter qualquer tipo de visto americano ou SSN (Social Security Number) para abrir uma empresa nos Estados Unidos. São exigidos apenas um passaporte brasileiro válido e carteira de motorista ou identidade. Posteriormente, é possível agir para obtenção do visto ou mesmo do green card, mas o simples fato de existir a empresa, sem que haja conformidade com outros requisitos, não garante qualquer certeza de sucesso nesses processos. SAIBA MAIS: Visto E-2, uma ótima opção para você que deseja morar nos Estados Unidos

O primeiro passo é escolher um nome único para o negócio, o tipo da empresa e um nome fantasia (nos EUA, conhecido como DBA – Doing Business As). Os tipos mais comuns de empresa nos EUA são o LLC e o CORPORATION. Basicamente – embora existam importantes diferenças tributárias e em sua constituição – o LLC é uma empresa de responsabilidade limitada, já o CORP permite vender participações da empresa ou captar investimentos. Clique aqui e saiba mais sobre cada tipo de empresa.

 

QUAL É O CUSTO TOTAL?

O custo varia muito de acordo com o tipo e porte do negócio e até mesmo com o estado americano em que você pretende investir, mas a abertura de uma empresa simples exigirá um investimento médio de US$500,00 a US$2.000,00.

 

PASSO A PASSO

A legislação de cada estado ou mesmo condado americano varia muito. Não só no que se refere a abertura da empresa em si, mas também ao fato de algum deles oferecerem vantagens e incentivos fiscais para determinados setores. Por isso, antes de escolher um local para investir, pesquise bem esses detalhes e, de preferência, conte com ajuda de um especialista. Assim, as suas chances de sucesso aumentam consideravelmente. De um modo geral o passo a passo é o seguinte:

 

1. Escolha o nome e o tipo de empresa

Como falamos a pouco, você deve escolher um nome único e optar entre LLC e CORPORATION, consulte o seu contador ou advogado para saber qual é o mais adequado ao seu caso. Clique aqui e saiba mais.

 

2. Encontre um endereço comercial

O espaço físico deverá comportar o número de funcionários exigidos para o tipo de visto que escolher. Seu advogado de imigração pode lhe ajudar com esta questão.

 

3. Indique um Agente Registrador (Registered Agent)

Em todos os estados americanos é necessário indicar o chamado “Registered Agent”. Ele deverá residir no estado em que você está abrindo a empresa e será o responsável por receber as comunicações oficiais do estado, tribunais, etc. Caso você não possa exercer esse papel e não conheça ninguém nos EUA que possa, pergunte ao seu contador ou advogado se ele inclui o Agente Registrador entre os serviços fornecidos.

 

4. Registro no estado

A legislação varia de estado para estado. No caso específico da Flórida (um estado muito procurado por brasileiros), por exemplo, é necessário efetuar um registro junto ao Departamento do Estado para criar uma entidade legal. Para fazer esse registro você deverá fornecer o nome da empresa, um endereço local para ela (ou caixa postal), além do nome e endereço dos sócios ou dos agentes registradores.

 

5. Solicite o EIN

O EIN (Federal Employer Identification Number – Número de Identificação do Empregador) equivale ao CNPJ brasileiro. Ele é fornecido pelo IRS (Internal Revenue Service – Departamento de Receita do Governo Federal) e será usado para declaração de impostos e outras transações empresariais.

Você solicitará o EIN através do formulário SS4 e, se já possuir um SSN ou ITIN seu contador poderá fazê-lo online no site do IRS. Caso não possua estes documentos, o processo deverá ser feito via Fax, levando entre 5 e 7 dias úteis para ser processado.

 

6. Contabilidade

A legislação tributária americana é bem mais simples que a brasileira, por exemplo, por lá, uma única empresa pode oferecer diversos tipos de serviços e produtos sem que haja exigências e impostos específicos para cada um deles. Por outro lado, o rigor na fiscalização – especialmente em questões tributárias – é bastante forte.  Por isso, é fundamental contar com o auxílio de um contador experiente para que você não venha  a sofrer com auditorias e sanções do governo no futuro. Em termos de tributos, basicamente, você pagará 10% a 40% de imposto de renda sobre seu lucro líquido e, caso comercialize produtos, deverá também repassar os impostos sobre suas vendas.

 

7. Outros documentos

Após todos esses passos, você deverá criar alguns contratos e acordos internos como o Operating Agreement (para LLCs) e o Bylaws, Minutes of First Organizational Meeting e as Shares Certificates (para CORPs). Procure a orientação do seu advogado!

 

8. Abra uma Conta no Banco

Todas as empresas abertas nos EUA precisam ter uma conta corporativa em um banco. Além disso, toda a sua movimentação financeira deverá ser feita por esta conta.

 

9. Solicite os demais documentos

No caso da Flórida, por exemplo, após todos esses passos, você ainda deverá registrar a sua empresa no Tax Collector’s Office para obter uma licença chamada Florida Business License.

 

10. Sales Tax

Por fim, se o seu negócio é um comércio de produtos, você precisará também do Sales Tax Certificate.  Através dele, você estará habilitado a cobrar e repassar os impostos sobre suas vendas. A solicitação deverá ser feita através do Department of Revenue do estado.

 

Finalmente, vale mencionar que não se pode trabalhar em empresa americana sem o visto apropriado. Portanto ligue para uma consulta gratuita para que a Dra Erika possa lhe mostrar o melhor visto para o seu caso em específico. Mande um WhatsApp agora mesmo para 11 98284 8700.

SE PREFERIR, CLIQUE AQUI E ENVIE UM EMAIL

Law Offices of Baracchini Flores & Associates

☎️ 11 4837-5713
📱 11 98284 8700 (WhatsApp)
💻 contato@braziluslaw.com

 

2 comentários

    • carmen em novembro 13, 2018 às 2:01 pm
    • Responder

    Bom dia !

    Gostaria de tirar uma duvida, se possivel.
    Estou querendo ir com minha familia passar 2 anos nos EUA pra todos estudarmos ingles e eu e meu marido tb trabalharmos um pouco pra ajudar a pagar os estudos das meninas aqui no Brasil depois .
    Já fomos varias vezez pra la como turistas e estamos muito querendo passar esse tempo la , mas não queremos nada ilegal.
    qual a melhor opção?

    1. Olá Carmen, peço que entre em contato diretamente com a Dra. Erika para que ela possa te explicar melhor. A primeira consulta é gratuita. Ligue ou mande um WhatsApp para 11 98284 8700.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.